Beleza Estética Saúde

40 anos. E agora? Por Daniela Marangoni

30/01/2018

A vida começa aos quarenta, você já deve ter ouvido esta frase antes, e hoje com o avanço dos estudos da área da saúde, a longevidade tornou-se uma realidade. Nesse período o corpo feminino experimenta muitas mudanças físicas e emocionais, devido as alterações hormonais presentes.

O envelhecimento é um processo dinâmico e progressivo no qual há alterações morfológicas, funcionais e bioquímicas, que vão alterando progressivamente o organismo e exigindo um olhar atencioso dos profissionais de saúde.

A osteoporose é uma doença caracterizada pela perda de densidade mineral óssea, já a doença periodontal se refere a perda dos tecidos dentais de suporte e sustentação (osso, ligamento periodontal, gengiva e cemento).

Após os 35 anos de idade, começa a diminuição da densidade óssea e dessa forma, a osteoporose, e consequente perda óssea. Este é um fator de risco comum à doença periodontal, aumentando ainda mais a perda óssea. Além disso, a osteoporose pode alterar a condição periodontal, visto que as mulheres com a doença normalmente apresentam clinicamente uma inflamação gengival intensa, perda óssea e recessão gengival acentuada.

Outras alterações bucais também presentes são gengivite; desconforto bucal, como sensação de queimação e ardência; alteração na percepção de sabores (salgado, picante, ácido) e xerostomia (boca seca pela falta de saliva). Além disso, é importante não esquecermos do maior risco para câncer bucal, fraturas em restaurações dentárias, fraturas dentais, bruxismo e desordens da articulação temporomandibular.

As alterações faciais no envelhecimento também estão presentes nessa fase da vida, se apresentam como perda dos tecidos de suporte da face (gordura, músculo e osso) e falta de colágeno e elastina.

Os ossos começam a apresentar uma série de mudanças com o passar do tempo, essa remodelação óssea resulta em perda de volume ósseo e contribui para a formação de rugas e aspecto facial envelhecido. A pele, por sua vez, também começa a apresentar sinais de envelhecimento, como flacidez e perda de elasticidade. Além disso, a pele torna-se seca, devido à falta de retenção de água pelo ácido hialurônico, e manchada, normalmente pela exposição solar ao longo do tempo.

Atualmente a harmonização facial é muito utilizada para promover o rejuvenescimento facial devolvendo o aspecto jovem da pele tornando-a mais hidratada e restaurando a tonicidade e elasticidade, através do ácido hialurônico, que ainda atenua ou elimina as rugas de expressão e devolve o volume facial perdido com o envelhecimento.

Além de procedimentos estéticos, os sintomas causados pela idade podem ser amenizados ou até retardados pela prática regular de exercícios físicos, melhora na qualidade de sono e dieta equilibrada.

Cuidar do corpo e da saúde não tem nada a ver com parecer bem, mas sim estar bem para você e com você. Cuide de seu corpo, você mora nele!

A NEOCLINIC, localizada no centro de Florianópolis, na rua Alves de Brito 141, sala 606, atende com profissionais especializados em todas as áreas da odontologia e harmonização facial.

Para agendar uma consulta, entre em contato pelo site da Neoclinic ou pelo Whatsapp  (48)991737604.

Daniela Marangoni

Especialista em Implantodontia

Graduação 2004 – Univali

Especialização em Implantodontia 2007 – ABO Itajaí
Curso de Reabilitação Facial Estética (Toxina Botulínica, Preenchimentos Faciais, MD CODES, PRF Facial, Fios PDO, Redução Enzimática de Papada) 2017 – Januzzi Cursos, SP, Brasil

Você pode gostar também

Sem comentários

Deixe um Comentário

Quer Mais?

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos exclusivos por e-mail
Email
Fique por dentro das novidade!